sábado, 4 de dezembro de 2010

TE ESPERO NA CURVA

As negociações em Brasília para a formação do Ministério de Dilma esbarra no apetite exacerbado do PT, no preconceito dos petistas mais próximos de Dilma e  de uma visão de um peemedebê fisiológico atropelam os entendimentos.


Artigo do Josias de Souza termina assim:

A semana terminou como começou, com o PMDB à beira da fogueira. A negociação prossegue no final de semana.

Se mantiver a oferta de quatro ministérios (mais a mixuruca SAE), Dilma vai inaugurar nas suas relações com o PMDB uma política que um participante da reunião promovida por Temer batizou de “cá de espero”. Funciona assim:  “Ela agora, forte como está, nomeia quem bem entender. Mas o PMDB vai esperá-la na curva”.


Comentário do blog:

Essa curva não tarda a chegar.


O PMDB vai estranhar e acabará agindo,  a presidenta não é como o presidento 


11 comentários:

Anônimo disse...

Ei pachecão, e em Tucuruí também tem curva?
Vc anda muito calado, está esperando alguma curva no meio do caminho dos políticos?

Osorio Pacheco disse...

Olá Anônimo das 20:25 hs.
Obrigado pela visita.
Todos os lugares tem curva, esperamos as pessoas na curva desde os tempos da escola primária.
Em Tucuruí especialmente no momento não temos curvas, pelo menos no presente momento, eu não estou esperando ninguém em curva alguma.
Estive alinhado com a turma do PT na eleição municipal e apesar de não estarmos mais alinhados, sempre me respeitaram, existe um clima de cordialidade republicana.
Por outro lado, nada tenho contra a situação e mesmo tendo sido adversário, quando precisei de tratar assuntos com a prefeitura recebi um tratamento cordial e da mesma forma republicano.
O recente resultado das urnas, nosso candidato não foi bem votado, o que nos tira do páreo de qualquer postulação majoritária, isso nos afasta das disputas mais truculentas.
Meu silêncio é momentâneo, uma vez que estamos observando o desenrolar dos acontecimentos.
Não vamos neste momento fazer coro a criticas aos políticos estabelecidos,sem nenhum projeto visível e viável.

Anônimo disse...

e ai Pachecão!!!
E o PMDB em Tucurui vai lançar mesmo o frangulone do Dr. Adilson para prefeito??
Ele vai dar conta de disputar com o Jones do PT e com o James (PR)?
Sei não hein...acho que o PMDB em Tuc já era...

Osorio Pacheco disse...

Olá Anônimo das 2:48 hs., dormes tarde hein!!!
Obrigado pela visita.
Dizer que o PMDB de Tuc já era é muito forte, porem se disseres que está fragilizado, não posso discordar, visto o resultado das urnas.
O Adilson está inelegível, pelo que sei nada comprometedor ou desabonador, porem teve um problema na prestação de contas da última eleição que concorreu e perdeu prazo de recurso, além de não haver nenhuma possibilidade dele ser aprovado em convenção do diretório como candidato a prefeito.
Como afirmei, no meu entender, o PMDB não se credenciou nas urnas e não tem quadros no momento para uma disputa majoritária.
Precisamos de parceiros e parceiros alinhados com o partido como um todo, especialmente a nível estadual.
Não devemos ir a reboque de ninguém e os políticos citados por você não estão alinhados conosco.

Anônimo disse...

e ai Pachecão!!!

Eu durmo tarde, sou da noite.
Tú tens um péssimo pensamento sobre o PMDB de Tucuruì.
Tú achas que em todo o Diretório do PMDB Tucuruí ninguém é credenciado? Porque tu ajudaste a montar um diretório ruim?

Osorio Pacheco disse...

Anônimo noturno madrugador,
Eu não acho porque quero achar, as evidencias, as urnas, a dedicação das pessoas construiriam esse juízo.
Montamos o diretório com a espectativa de crescimento, a administração e nisso eu me incluo, não fez deslanchar.

MIGUEL RODRIGUES disse...

Pacheco

Não me incluo e não concordo com as suas colocações.
Existem valores no partido. cada filiado tem o seu valor.
Talvez voce não queira ver o ponto desagregador, ele existe desde a eleição do diretório.

Osorio Pacheco disse...

Olá Miguel, obrigado pela presença.
As opiniões aqui expressadas são pessoais, só falo por mim.
Concordo com vc. existem grandes nomes e talentosos filiados, mas quando me referi a não ter quadros trata-se de oportunidade eleitoral e isso é circunstancial.
Sua colocação ajudou a esclarecer esse ponto, obrigado.

Anônimo disse...

O Chico do Getat falou em uma conversa entre amigos que do PMDB, quem trabalhou na campanha do parsifal em 2010 em Tucuruí só foi o Pacheco, O Fernando Albuquerque e a turma do Pernambuco do Getat, o resto só fez H.

Anônimo disse...

QUEM ACABOU COM O PMDB DE TUCURUI, FOI VOCE PACHECO, FOI CHICO DO GETAT, DR. ADILSON, VOCES TEM QUE DEIXAR O PMDB + RAPIDO POSSIVEL, SE EU FOSSE PRESIDENTE DO PARTIDO VCS JA TINHA DADO CHUTE NA TRAZEIRA DE VCS. EU NÃO O QUE VC PACHECO FALA PARA O DEP.PARSIFAL VC DEVE MENTIR MUITO, ALIAS VC MENTE MUITO. DEIXE ESSE PERTIDO PELO AMOR DE DEUS. SERA QUE EU TENHO QUE IR EM TUCURUI E FAZER ISSO.

Osorio Pacheco disse...

Anônimo das 9:42 de 9 de dezembro 2010.
Ninguém me dá um chute no traseiro porque não existe motivo, tem gente que quer mas não consegue é antipatia pessoal e isso não conta no partido.
Vc. gostaria de vir a Tucuruí para me dispensar, acorda anônimo, vc não tem coragem nem mesmo de se identificar,acho que vc. já está em Tucuruí.
Se tiver coragem, apareça, garanto que vou lhe tratar com respeito e pelo menos ouvi-lo.